• Email : contato@buschinelli.com.br

  • Telefone : +55 (19) 3545-9999

  • slidebg1
    Porcellanato São Tomé | 60x60
    Leve este encanto da natureza para dentro de sua casa
  • slidebg1
    O Melhor Design para o projeto da minha cozinha!
    Ambiente Mosaico Português 60X60 cm
  • slidebg1
    Linha Lenho - Fazendo de sua casa um lugar ainda mais especial
    Porcellanatos inspirados na textura e nas cores da madeira

NOSSOS AMBIENTES EM DESTAQUE


A Buschinelli disponibiliza os melhores pisos, revestimentos e porcellanatos para sua obra. Confira os ambientes.

Foto do ambiente da linha Alabama
Linha - Alabama
Foto do ambiente da linha São Tomé
Linha - São Tomé
Foto do ambiente da linha Limestone
Linha - Limestone
Foto do ambiente da linha Elegance
Linha - Elegance
Foto do ambiente da linha Ladrilho
Linha - Ladrilho
Foto do ambiente da linha Canjiquinha
Linha - Canjiquinha
Foto do ambiente da linha Duna
Linha - Duna
Foto do ambiente da linha Gaya
Linha - Gaya

SOBRE A BUSCHINELLI


A Buschinelli possui a maior e mais rápida máquina digital do Brasil, foi importada da Kerajet Espanhola, uma das precursoras de impressão digital em cerâmica no mundo, com isso, produzimos o maior formato (60 x 60 cm) via seca em alta definição do mercado.
A tecnologia HD consiste na impressão especial em revestimentos cerâmicos da cópia de elementos da natureza com suas texturas, variações de gráficas e veios.
Através desta técnica, os produtos apresentam uma riqueza maior de detalhes, permitindo a criação de peças que se distingue por sua profundidade, luminosidade e leveza.
São peças que produz fielmente pedras, granitos, madeiras e outros materiais naturais evitando assim extração da natureza onde a variação de tonalidades é proposital, deixando o aspecto do ambiente mais próximo ao natural.
Por isso, é recomendada a montagem de painéis antes do assentamento para elaboração de uma composição mais harmoniosa.

Com a tecnologia correndo rápida, a humanidade resgata características de tempos antigos, em que só se possuía aquilo que fosse leve e pudesse ser transportado facilmente de um lugar ao outro. Hoje, a leveza tem também outros significados de grande importância: ser um PRODUTO ECOLOGICAMENTE CORRETO: com menor gasto de energia, menor geração de resíduos, menos desperdício de materiais e agressão ao meio ambiente. Assim, apostar na leveza se traduz em melhor desempenho econômico e maior respeito à natureza. A inovação, no design contemporâneo, só pode ser atingida por meio do uso correto dos materiais.
Desafiando os limites da resistência em novas espessuras a Buschinelli traz para o mercado o Porcellanato Slim.
Muito fino e leve, fácil de manusear, fácil de cortar, diminuindo o custo logístico: menor peso por pallet, redução do volume em estoque e menor custo de transporte e ainda com uma resistência mecânica igual ao produto fabricado anteriormente.
Outro ponto forte está na facilidade das reformas. Este produto de baixa espessura facilita a colocação sobre outro produto já instalado eliminando assim o quebra quebra, o lixo que uma reforma pode gerar, deixando a obra mais limpa e ágil.
Aproveitando a nova tecnologia, a Buschinelli investe nas tendências tanto para economizar quanto modernizar. Desta maneira além de gastar menos, sujar menos o meio-ambiente o consumidor investe no seu futuro e no de quem mais gosta.

Abundância de argila da região e a promessa de vida nova atraíram muitas famílias de imigrantes italianos que fundaram em Santa Gertrudes as primeiras cerâmicas, durante o início do século passado. Muitas dessas famílias hoje formam verdadeiras potências produtivas, como no caso da Buschinelli, primeira cerâmica do pólo.
Quando chegou ao Brasil em 1910, Carlos Buschinelli, sua esposa e quatro filhos vindos de Curtatone, no norte da Itália, e montou sua fábrica de farinha de mandioca movida a eletricidade jamais imaginava que aí estaria o embrião do maior pólo cerâmico da América Latina.
Passaram-se 13 anos até que o patriarca dos Buschinelli descobrisse a real vocação da família. Em 1923, Carlos Buschinelli comprou uma fábrica montada por um imigrante alemão que fabricava telhas francesas, com maquinário e tecnologia importada. Nascia aí a primeira cerâmica do pólo de Santa Gertrudes, a fábrica "Irmãos Buschinelli".
Uma crise, em 1930, com o crash da bolsa de Nova York, atinge todo o mundo, e os Paulistas por extensão. Com isso houve um favorecimento da união das famílias de imigrantes em torno do trabalho, na tentativa de segurar seus pequenos empreendimentos.
A Irmãos Buschinelli & Cia fez seu primeiro contrato social em 1934, os sócios eram João Buschinelli, Maurício Buschinelli, José Buschinelli e Josephina Buschinelli.
Foi um longo caminho recheado de percalços e muito, mas muito trabalho para essa e outras famílias que hoje encabeçam a lista das maiores cerâmicas do país.
Além dos Buschinelli, várias outras famílias se estabeleceram em Santa Gertrudes, mas foi no período pós-Segunda Guerra, mais precisamente em 1950, quando da industrialização maciça do Estado de São Paulo, é que as cerâmicas começaram a se desenvolver no local.
Das telhas francesas e lajotões, Buschinelli, Paraluppe, Almeida, Rodrigues, Pacheco e Pascon e tantas outras famílias de imigrantes em sua maioria italianos ajudaram a construir o que hoje é considerado o maior pólo cerâmico das Américas, na pequena e tranquila Santa Gertrudes, cidadezinha a cerca de 200 quilômetros da capital São Paulo.
Todas essas e outras pequenas cerâmicas que se desenvolviam na época concentravam sua produção em torno dos tijolos baianos de vários tamanhos, lajes para forro, telhas francesas, os famosos lajotões lisos e, mais tarde decorados, tudo feito em fornos à lenha e a óleo.
As primeiras cerâmicas, segundo informações da assessoria de imprensa da prefeitura de Santa Gertrudes foram Buschinelli, Joaquim, Santa Gertrudes, Almeida e Rocha, que se instalaram em Santa Gertrudes quando esta era ainda uma pequena povoação, por volta dos anos 1918 a 1930, fixando as primeiras famílias que foram dedicando-se a esta nova atitude, devido à abundância de argila na região.
A princípio, as cerâmicas fabricavam as telhas paulistas e francesas, sendo que só mais tarde os primeiros lajotões coloniais começaram a ser produzidos, com dimensão de 30 X 30 centímetros. Eles eram feitos em "forno garrafão", cujo peso por metro quadrado variava de 27 a 30 Kg.
A partir de 1986, a produção de cerâmicas deu um salto em modernidade, deixando de lado os métodos de produção artesanal, para substituí-los pelo moderno sistema de monoqueima. Essa nova tecnologia igualou os pisos produzidos em Santa Gertrudes aos demais produzidos no país. Este fato, foi de extrema importância para a constituição do pólo cerâmico, incentivando e criando as condições necessárias para a atração de novas empresas à região.
A região domina o processo produtivo de ponta a ponta. Ela é responsável pela produção e comercialização de mais de 23 mil toneladas de argila beneficiada por mês.
Um passo importante foi dado em 1993, com a inauguração em 16 de agosto de um laboratório de análises, equipado com alta tecnologia dilatômetros, ATD, abrasímetro, cronômetro e autoclave necessários para a realização de ensaios e verificação do nível de desempenho dos produtos cerâmicos de Santa Gertrudes.
Esses equipamentos são extremamente necessários para a realização de ensaios físico-cerâmicos, responsáveis pela alta qualidade da cerâmica produzida em Santa Gertrudes. Só investindo em alta tecnologia será possível a manutenção dos altos índices de produtividade e qualidade, principalmente pelo fato de Santa Gertrudes ser responsável por produzir em torno de 45% do volume nacional de pisos cerâmicos no Brasil, desde revestimentos mais simples, até peças pintadas artesanalmente e sob encomendas.
A produção cerâmica de Santa Gertrudes destina-se ao mercado interno e também à exportação. Este fato explica a grande expansão desse setor.
Agregam-se às indústrias cerâmicas, mais 250 indústrias de pequeno porte e micro-empresas, na sua maioria voltadas ao desenvolvimento de corantes e pigmentos para pisos e revestimentos aí produzidos. Assim sendo, podemos afirmar que tecnicamente Santa Gertrudes constitui-se em um pólo cerâmico, haja vista o fato de dominar todos os processos produtivos, desde a extração da argila até a exportação de seus produtos, assim como o controle e a formação de sua mão-de-obra especializada.

TODA INOVAÇÃO FAZ PARTE DA EVOLUÇÃO.
Para inovar é preciso começar pela base, e fazer o que há de bom ficar ainda melhor. Esta inovação toma conta do nosso dia-a-dia e nos faz criar produtos cada vez melhores. Uma busca constante pela melhor qualidade e beleza dentro da casa das pessoas.
Buschinelli, pisos e revestimentos para a vida.

UM FUTURO BRILHANTE PRECISA DE UMA BASE SÓLIDA.
Os pisos e revestimentos Buschinelli fazem parte da vida de todo mundo; seja em casa, no escritório e até na cozinha.
Hoje nos preocupamos em criar soluções inovadoras, melhorando o dia-a-dia das famílias espalhadas pelo Brasil e pelo mundo.
Estamos preocupados em ser cada vez melhores. Uma empresa mais próxima dos clientes e do mercado, cada vez mais competitiva e rentável.
Buschinelli, pisos e revestimentos para a vida.

TODA REFORMA PRECISA ACONTECER DE DENTRO PARA FORA.
A Buschinelli aprimorou processos e se reestruturou internamente. Criou novos produtos e conquistou a confiança do consumidor. Em toda nossa cadeia produtiva, em cada solução desenvolvida, nos preocupamos com a sustentabilidade das pessoas, dos negócios e do planeta.
Buschinelli, pisos e revestimentos para a vida.

BUSCHINELLI - UMA EMPRESA QUE INOVA NO MERCADO DE PISOS E REVESTIMENTOS.
A necessidade de inovação é fundamental para evolução de uma empresa. É por isso que desejamos comunicar nosso novo posicionamento aliado a uma nova marca, mais forte, com um conjunto de valores.
Neste momento, definimos um novo posicionamento, consolidamos nossos três valores principais e apresentamos uma nova marca. São elementos que compõem nossa identidade, definem o que acreditamos e indicam como queremos ser reconhecidos. Essa é a nova Buschinelli e nossos três valores:
Sustentabilidade
Pessoas
Inovação
Dentro desses conceitos está a nossa preocupação que vai desde uma reestruturação e aprimoramento de nossos processos à criação de soluções.

Tradicional empresa de pisos e porcellanatos, a Buschinelli, que completará seu centenário em 2017, ao longo de sua história, sempre guiou-se pelo princípio da manutenção do mais alto padrão de qualidade e beleza de seus produtos, visando o bem estar e a satisfação de seus clientes.
Assim, a Buschinelli ousa na criatividade do design de seus produtos, sem perder o requinte e a sofisticação que representam e diferenciam a sua marca.
Além disso, ciente da necessidade constante de modernização e aprimoramento, trouxe para o seu parque fabril máquinas e equipamentos de última geração, que utilizam tecnologia HD (alta definição), para garantir precisão de seus produtos.

FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? ENTRE EM CONTATO


Preencha o formulário abaixo com sua dúvida ou sugestão.

© 2014. TH Buschinelli | Todos os Direitos Reservados. | Desenvolvido por: Cliecom

Voltar ao topo